A Liberdade de Imprensa (Dia da Liberdade de Imprensa) é um direito conquistado após anos de silêncio, truculência e repressão.

Na democracia os profissionais da mídia têm o direito de divulgar livremente as informações obtidas.

No caso de governos ditatoriais, isso não é permitido, sendo assim chamado de censura.

Durante certo período, os legisladores brasileiros, sabendo o quanto uma informação chave poderia ser perigosa ao ser divulgada, estabeleceu a censura prévia.

Funcionava da seguinte forma: antes que fosse divulgada, toda e qualquer notícia deveria passar por um tipo de avaliação, se esta não oferecesse perigo nenhum ao governo, seria liberada, mas caso contrário, a notícia seria barrada.

Para que nada passasse despercebido, uma equipe denominada Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP) foi designada para executar tal tarefa. Esse período ficou conhecido como anos de chumbo.


A imprensa está sempre em busca da verdade, para que os cidadãos possam formar suas próprias opiniões e assim possam defender seus direitos, entretanto, para os governantes isso se torna um problema, pois quanto maior o conhecimento menor a probabilidade de serem enganados.

Dia da Liberdade de Imprensa, 03 de Maio

O dia mundial da Liberdade de Imprensa é comemorado no dia 03 de maio.

Essa data foi criada em resposta ao apelo elaborado por jornalistas africanos em 1991, sendo a Declaração Windhoek sobre a independência e o pluralismo da mídia.

Esse dia foi proclamado pela Assembleia Geral da ONU, em 1993.

Em comemoração ao dia da Liberdade de Imprensa, há diversos prêmios oferecidos como reconhecimento dos trabalhos da imprensa, principalmente em coberturas de países em guerra.

É um dia para lembrar também, que muitos países no mundo ainda têm publicações censuradas, multadas ou suspensas.

Muitos profissionais da imprensa, incluindo redatores, editores e jornalistas são perseguidos e muitas vezes assassinados por lutarem pelo direito a informação.

De acordo a organização Repórteres sem Fronteira, há uma grande quantidade de pessoas no mundo (mais de um terço), que vivem em países onde não há liberdade de imprensa.

A maioria desses países não existe o sistema de democracia, ou o sistema tem deficiências graves.

Nos últimos onze anos, trinta e sete jornalistas foram assassinados no Brasil, sendo:

  • Região nordeste – 14 jornalistas;
  • Região sudeste – 14 jornalistas;
  • Região centro-oeste – 6 jornalistas;
  • Região norte – 2 jornalistas;
  • Região sul – 1 jornalista.

Em 2016, o Brasil ocupou o 104º lugar na classificação do ranking mundial da liberdade de imprensa, levando em conta uma lista de 180 países.

O tema escolhido para o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa em 2017 foi: “O papel da mídia para o avanço de sociedades pacíficas, justas e inclusivas”.

Porém, como em todas as profissões, na imprensa existem também os aproveitadores que entendem que liberdade de imprensa quer dizer desrespeito.

A liberdade de imprensa precisa antes de tudo de ética. Por isso, toda notícia precisa ser devidamente apurada antes de ser divulgada, para que assim não prejudique a imagem de alguém ou de algo.

É preciso entender que uma notícia equivocada tem mais forças que uma notícia verdadeira ou um direito de resposta.

Comentários

    Amei seus trabalhos,faço artesanatos!

    eu gostei de tudo quero mais novidade ta tudo bonito

    Muito bom!!! Eu sempre estou por aqui dando uma “olhadinha” nas dicas e novidades do Artesanato Brasil! Parabéns e continue com dicas e ideias como essas!

Veja Mais Artesanatos Agora: